banner fratura exposta

O elefante judiciário

Capa do Livro Fratura Exposta do Direito

Não basta refletir, temos que agir. O livro Fratura Exposta do Direito convida para a reflexão, e apresenta uma proposta de ação, no caso específico de um processo judicial. Embora a reflexão, assim como a ação, possa ser estendida e aplicada em nossas vidas, através da busca constante do conhecimento e da aplicação dos conhecimentos na solução do nosso problema, na solução dos problemas das pessoas e consequente construção de uma sociedade mais justa, ter o conhecimento e não ter a determinação e a coragem para agir, não adianta absolutamente nada.

Foi uma luta de uma formiga contra um elefante, a formiga não conseguiu evitar ser pisoteado pelo elefante, mas conseguiu evitar ser esmagada, além do fato de que conseguiu incomodar o elefante com as suas ferroadas incomodativas. A formiguinha está bem debilitada, mas o elefante extremamente estressado, em uma luta desproporcional, até porque a formiguinha estava praticamente sozinha, e o elefante contava com a ajuda de muitos outros elefantes.

E nesse aspecto, é bom chamar a atenção para responsabilidade dos elefantes auxiliares, que parecem não ter a devida noção da sua culpa com relação aos desmandos verificados em nossa sociedade. Não estou falando para os bandidos travestidos de autoridades (esses vão rir do meu apelo), estou falando daqueles que não querem sair da sua zona de conforto e permitem que o mal continue a triunfar.

O elefante judiciário, teve um papel importante para que o elefante réu se mantivesse tranquilo quanto a condenação a que estava sujeito, na medida em que, na impossibilidade de negar o pleito, em nenhum momento fez com que o réu cumprisse com a obrigação. Os elefantes advogados, e nos casos citados no livro, todos, indistintamente, foram coniventes com os outros dois elefantes, quando, por omissão ou por ação, deixaram de adotar, ou adotaram medidas contrárias aos interesses dos seus próprios clientes. Nessa ordem de ideias, os dois elefantes que colaboram com o elefante réu, são responsáveis não apenas com os casos mencionados, mas sim, com toda a desordem que a nossa sociedade vem experimentando. São responsáveis também pela impunidade, responsáveis pela má distribuição de renda, pela falta de igualdade de oportunidades, pelo emperramento do desenvolvimento e crescimento do país, pelo aumento dos índices de violência, e por puro mau caratismo e ganância, já que o nosso país tem potência para que todos vivam bem e prosperem, sem precisar corromper ou ser corrompido.

Gilson Helio

   

DECLARAÇÃO DO AUTOR:

"Na verdade falta vontade, vergonha, decência, ética, honestidade. Os poderes existem para beneficiar os que integram, seja pelas mordomias ou pela possibilidade de se beneficiaremm com a manipulação dos recursos públicos. Por isso, caro leitor, este livro foi escrito para orientá-lo a viver e a lutar nessa terra onde não há jeito para o legislativo, para o executivo e sequer para o judiciário".

Gilson Helio

redes sociais - facebook

O Livro Fratura Exposta do Direito
Cel.: 71 8830-0270 - Contatos

Compre o livro impresso ou e-book com segurança:

pagamento pelo Pagseguro UOL

© Copyright 2013 - 2014 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do
conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização por escrito. Partes dos textos deste site podem ser usados mas deve ser
colocada a citação da fonte desta forma ->> Fonte: site Fratura Exposta do Direito -www.doencasnotrabalho.com.br
Criação do site: www.elianagoncalves.com



Comunicades Sociais de Eliana Gonçalves